Parque de diversão na Holanda – Oud Valkeveen

Já imaginou ir num parque de diversão onde aqueles brinquedos super radicais estão em tamanho menores? Um parque onde você pode realizar a vontade daquele seu pequeno que sonha em ir na montanha russa, mas ainda não tem tamanho para ir numa convencional.

Eu achei esse parque e fica numa área verde maravilhosa com direito a laguinho com patinhos e praia particular.  O nome do parque é Oud valkeveen fica  entre as cidades de Naarden e Huizen, com mais de 95 anos de existência ele tem mais de 50 atrações.

Tem teatro e shows com os mascotes do parque e até um mini cinema. Na maioria dos brinquedos a altura mínima é 1 metro, ou seja diversão garantida para os pequenos. Mas, os bebês também tem um espaço reservado para eles, o chamado “Miniland”.

O parque tem ainda trenzinho, brinquedos infláveis e área para piquiniques. Os adultos podem contar com uma excelente infraestrutura com lanchonete, restaurante e banheiros.

Seguem algumas atrações que os meus pequenos mais gostaram e é claro eu também.

Achtbaan

Uma mini montanha russa para crianças a partir de 1 metro de altura sob orientação de um adulto.

Optimized-IMG_6337

Zwierezwaai

O Zwierezwaai é uma espécie de sombrinha voadora, do ponto  mais alto você tem uma visão de todo o parque infantil.

Optimized-IMG_6323

Mega Glijbaan

Um escorregador de 15 metros de altura onde crianças de 1.05m a 1.10m podem brincar sob orientação de um adulto.

Optimized-IMG_6318

Mas a diversão continua, tem muita coisa legal para fazer, confira nas fotos. E caso queira se programar para ir visitá-lo, olhe a programação das datas de funcionamento no site do parque neste link Oud Valkeveen.

O preço é bastante atrativo eu paguei apenas 10,50 euros por cada pessoa, porém existe um cartão fidelidade, caso você more na Holanda e queira ir mais vezes durante o ano.

Espero que tenham gostado da dica.

Te vejo no próximo post. Mas antes confira mais fotinhas do parque.

Viajando por 40 cidades da Holanda: 3ª cidade – Amersfoort

Amersfoort está localizada na região central da Holanda e teve grande importância econômica para o país. A cidade é um centro de convergência de vias férreas e rodoviárias e a segunda maior cidade da província neerlandesa de Utrecht com uma população de aproximadamente 151.534 habitantes.

Uma bela cidade medieval originária do século 13 com uma rica história. Através dos seus diversos monumentos, ruas e canais você consegue identificar os sutis detalhes dessa riqueza cultural. Atrações não faltam a cidade, sendo até difícil escolher algumas para divulgar neste post. Selecionei as mais famosas e os principais pontos turísticos que não podem faltar na sua visita.

Koppelpoort

Um lindo portal medieval, datado de meados do ano 1400, que fazia parte da antiga muralha da cidade. A visita noturna do portal fica maravilhosa através da sua iluminação especial, destacando os seus detalhes arquitetônicos.

Koppelpoort
Foto: arquivo pessoal

Onze Lieve Vrouwetoren  ou Torre da Nossa Senhora

Uma torre medieval de mais de 98 metros de altura; sua construção iniciou por volta de 1450 e foi finalizada no ano de 1500. Durante todo ano, são promovidas atividades divertidas organizadas ao redor da torre e também é possível escalá-la. Caso queira encarar os 322 degraus, seu esforço será recompensado com uma vista deslumbrante sobre Amersfoort. É um dos monumentos mais atraentes da cidade e a segunda torre de igreja mais alta da Holanda.

Onze Lieve Vrouwetoren
Foto arquivo pessoal: Priscila Sobral

Muurhuizen

Devido a expansão da cidade em meados do ano de 1380 uma nova muralha teve que ser construída. E cerca de 1500 casas foram construídas com o material da parede velha ao longo da linha onde o muro da cidade havia parado. Como a construção dessas casas ocorreu em diferentes períodos, surgiu uma grande variedade de formas. É muito interessante visualizar estas diferenças nas construções.

Muurhuizen
Foto: Arquivo pessoal

Mannenzaal

Esta é a única pousada originalmente medieval que foi preservada na Holanda. Inicialmente, a pousada era apenas destinada aos doentes. Mais tarde, tornou-se uma casa de idosos. Em 2014 a capela que fazia parte da pousada foi fechada e atualmente é um centro de eventos. Nos meses de julho e agosto atores  interpretam a História da vida de Mannenzaal. Esse evento permite que os visitantes se imersem na vida diária do lar de idosos de meados de 1907 podendo experimentar como os habitantes viviam naquela época.

Mannenzaal
Fonte da foto: mannenzaal.nl (foto divulgação)

Mondriaanhuis

Um dos seus ilustres moradores foi Piet Mondriaan que tornou-se mundialmente famoso como um dos fundadores da arte abstracta (geométrica). No centro da cidade está localizada a sua casa, atualmente é o museu de Mondriaanhuis.

Mondriaanhuis
Foto:Arquivo pessoal

Kunsthal Kade

Outro museu de arquitetura, arte e design é o Kunsthal Kade também localizado no centro da cidade, mas sobre museus estou preparando uma surpresa. Aguardem!

Kade
Foto:Arquivo pessoal

Outra dica legal é fazer um passeio guiado pela cidade através da associação Gilde Amersfoort composta por voluntários locais que cobram valores modestos e contam a história dos monumentos e da cidade em diversas línguas, são 5 o número mínimo de pessoas.

Gostou de conhecer Amersfoort comigo?  Então não perca a próxima cidade do projeto Viajando por 40 cidades da Holanda.

Te vejo no próximo post, mas antes veja a galeria de fotos de Amersfoort logo abaixo. 🙂