Curiosidades do sistema de ensino holandês

O período de férias escolares chegou e com ele mais um final de ano letivo. Isso mesmo, diferente do Brasil o ano escolar por aqui começa normalmente em Agosto / Setembro e termina em Julho. Por isso, resolvi contar para vocês como funciona o sistema educacional na Holanda. Ele é dividido em três fases primário, secundário e superior, a permanência na escola é obrigatória dos 5 aos 18 anos, entrentando a partir dos 4 anos a criança pode ingressar na escola básica.

Funciona da seguinte forma: A escola básica é divida em 8 grupos, sendo a função do grupo 1 / 2 (crianças com 4 e 5 anos) apenas socialização, ou seja , brincadeiras direcionadas, trabalhos manuais. A alfabetização em si irá começar no grupo 3, sendo que somente à partir do grupo 4 que irão aprender matérias mais específicas. Através dos resultados obtidos durante os 8 anos da escola básica, considerando a sua capacidade e sua inteligência, a criança é direcionada para um estabelecimento secundário.

O ensino secundário é dividido entre o secundário geral e o preparatório.  O primeiro, direcionado para o ensino profissionalizante, similar as nossas escolas técnicas e o segundo, direcionado para o ingresso nas universidades. O que mais me causou impacto foi saber que o destino escolar da criança é definido ao término do ensino primário, por volta de 12 anos de idade. Ou seja, crianças tenham um bom desempenho na escola primária para garantir o ingresso nas universidades.

Apesar de não compreender a lógica desse sistema, tenho que acreditar que funciona, pois o ensino da Holanda está entre os melhores do mundo. Além da vantagem de não ter que pagar nada por ele, nem mesmo o material escolar.

A adaptação dos pequenos vai depender do seu histórico escolar, se nunca frequentou escola antes, fica mais fácil, mas se já estava acostumado em aprender letrinhas com 4 e 5 anos no Brasil, aqui vai sentir um pouco a diferença.

A outra alternativa para crianças maiores ou para aquelas com dificuldade de adaptação são as escolas especializadas em crianças estrangeiras, com enfâse na língua holandesa. A escola normal solicita autorização para a prefeitura da cidade e a criança é direcionada para escola especial por um período de até um ano. Depois desse período regressa para escola normal, próximo a sua residência. Em alguns casos esse direcionamento é feito diretamente pela prefeitura no momento da sua chegada aqui.

IMG_3006

Outra dúvida pertubadora é em qual escola colocar? A holandesa ou uma internacional?

Na minha singela opinião eu diria que depende do tempo de permanência na terra dos moinhos. Se você veio de mala e cuia para morar definitivamente, coloque na holandesa, o contato com os holandeses será maior e consequentemente uma maior inserção na cultura local. Agora se está de passagem por um período curto, coloque nas escolas internacionais.

Mas, prepare o bolso, essas são pagas e estão em torno de 20 mil euros ao ano, dependendo da escola. E por falar em gastos, cuidado com as ausências escolares dos seus filhos, pois se não forem justificadas podem gerar uma multa a partir de 75 euros podendo chegar a 5 mil euros, conforme o período de ausência e as regras da prefeitura da sua cidade.

Em suma, se você é mãe de brasileirinhos em idade escolar, tenha paciência, o ínicio pode parecer difícil, mas assim como o crescimento dos pequenos, esse período passa rápido e adaptação acaba acontecendo.

E você, também já teve essas dúvidas? Conta pra gente?

Te vejo no próximo post.

Beijocas.

6 comentários em “Curiosidades do sistema de ensino holandês

  1. Olá,
    vou me mudar para Holanda em algumas semanas, queria saber se preciso levar o histórico escolar dos meus filhos aqui do Brasil ou eles podem começar a estudar sem o histórico escolar

    Curtir

    1. Olá, Obrigada por ler o blog. Eu não precisei do histórico escolar, pois minhas crianças era muito pequenas. Então, trouxe apenas uma declaração da última escola. Mas como cada caso é um caso, depende da idade dos seus filhos e da cada escola. A minha sugestão é que você traga o histórico e uma declaração da escola, caso precise a tradução pode ser feita aqui na Holanda, busque assinatura e carimbo da secretária de educação da sua cidade no Brasil, pois esse documento tem que ser válido. E também é sempre bom conversar com o consulado holandês que fica no Brasil. Eles poderão lhe dar informações precisas das exigências. (mande um e-mail ou ligue). Espero ter ajudado. E boa mudança para a Terra dos Moinhos.

      Curtir

  2. Olá, estou cursando pedagogia no Brasil e gostaria de fazer uma pesquisa na Holanda sobre o sistema educacional, que é bem diferente do Brasil. Se você pudesse me ajudar antes de eu tomar a decisão de ir pra Holanda eu ficaria agradecida. O sistema educacional é público? O país inteiro possui o mesmo sistema?

    Curtir

    1. Olá Victoria, Será um prazer ajudar. Obrigada por ler o blog. E sim o sistema básico, em sua maioria, é público, mas isso muda no sistema universitário. Acredito que ao ler este texto que fiz para o site Brasileiras pelo mundo suas dúvidas serão supridas, mas se tiver mais alguma estarei a sua disposição para ajudar naquilo que eu souber. http://www.brasileiraspelomundo.com/sistema-de-ensino-holandes-251064680
      E boa sorte na sua pesquisa.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s